Foi realizado o 1º ciclo de combate a Dengue no município, o levantamento feito pelas endemias, aconteceu entre janeiro a 28 de fevereiro deste ano, sendo encontradas em Onça de Pitangui, 7 focos de Aedes aegypti  em Onça do Pitangui.Segundo os cálculos baseados na quantidade de focos encontrados, o índice do levantamento foi de 0,9% ficando abaixo do limite tolerável que é de ate 2%.

Entre os dias 17 e 24 de fevereiro foi realizado no município o mutirão de limpeza, sendo que em Jaguara de Minas, Colônia e Capoeira Grande, foi retirada uma báscula cheia no dia 17 de fevereiro.

No dia 24 de fevereiro foi feita a limpeza no Centro de Onça do Pitangui e no bairro Bela Vista retirando uma báscula e meia.

É importante manter a rotina eliminando possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, desta forma mantendo as doenças que o mosquito pode transmitir longe do município e zelando pela saúde de nossas famílias.

O Aedes aegypti põe seus ovos em recipientes como latas e garrafas vazias, pneus, calhas, caixas d’água descobertas, pratos sob vasos de plantas ou qualquer outro objeto que possa armazenar água da chuva. O mosquito pode procurar ainda criadouro naturais, como bromélias, bambus e buracos em árvores.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *